Première classe A1 Iniciante

Cultura(s): a pontualidade

Regardez la vidéo et consultez l'aide. Placez chaque phrase dans la bonne colonne.
Assista ao vídeo e consulte a ajuda. Coloque cada frase na coluna apropriada.
Glissez-déposez les éléments Help on how to respond the exercice

 

PC-Travail-Travail-Culture-DestinationReussite-CostaRica-Video
Na Costa Rica
Devemos estar preparados para um atraso de trinta minutos a uma hora no horário dos compromissos. Os amigos podem simplesmente não ir a um encontro.Não tem problema se não avisarmos às pessoas que não vamos.
Na França, na Bélgica, na Suíça, no Quebec
Devemos ser pontuais quando temos um compromisso.Devemos telefonar para nos desculparmos se estamos atrasados.

nbOk elemento(s) correto(s) de nb

Atenção

Parabéns!

Conception: Geneviève Briet et Laure Destercke, Université catholique de Louvain
Published on 03/05/2013 - Modified on 10/12/2019
Traduzir
Virginia Dantrou
Pour s’intégrer au Costa Rica, il faut être très patient, parce qu’au Costa Rica tout va lentement ; d’ailleurs il y a l’heure « tica » ; donc il faut s’habituer que le temps n’est pas celui qu’on connaît. Il faut toujours prévoir une demi-heure, voire une heure de plus chaque fois qu’on donne un rendez-vous.
Quand on a des amis, on les invite à la maison parfois, ils disent : « Oui, oui j’arrive. À huit heures. » Ils n’arrivent jamais. Ils téléphonent trois jours après, mais c’est pas pour s’excuser. Ça n’a pas tellement d’importance ici le fait de prévenir les gens qu’on ne va pas arriver ou qu’on a eu un problème.

Virginia Dantrou Para se integrar na Costa Rica, é preciso ser muito paciente, porque aqui tudo acontece devagar. Aliás, existe a hora "tica", então é preciso se habituar ao fato de que o tempo não é o mesmo com o qual estamos acostumados. Devemos sempre antecipar uma espera de meia hora, ou até mesmo uma hora, cada vez que temos um encontro. Quando você convida amigos para vir à sua casa, eles dizem: "Sim, eu estou chegando. Chego às oito horas." E eles nunca aparecem. Eles telefonam três dias depois, mas não é para se desculpar. Aqui não tem importância se não avisamos as pessoas que não vamos ou que tivemos um problema.

Cultura(s) / A pontualidade

No seu país, na sua cultura, qual seria a hora de chegada aceitável para uma reunião de trabalho prevista para as 10 horas ou para uma aula de língua marcada para as 14 horas? Onde você situaria a sua cultura em uma "escala de pontualidade"? Deve-se chegar na hora exata? De uma cultura à outra, a noção de tempo varia, assim como tudo que está relacionado a ele: a pontualidade, o respeito aos horários, os encontros... Devemos avisar ou nos desculpar se nos atrasamos ou se não podemos ir a uma reunião, mesmo que seja um encontro informal? As pessoas estão sempre apressadas? Qual é o valor dado à lentidão? Podemos fazer as coisas "no nosso tempo"? Os francófonos ocidentais são pontuais nas reuniões no mundo dos negócios, da saúde e da educação. É malvisto desperdiçar o tempo das outras pessoas com atrasos. Essa regra se aplica de maneira ainda mais rígida, quase contando os segundos, para transportes coletivos como os trens de alta velocidade. De maneira geral, as pessoas avisam se vão se atrasar para um encontro. Porém, na França, para os encontros pessoais, com amigos, não é indelicado chegar atrasado: é o que chamam de "15 minutos de cortesia".

Você também vai gostar