Cultura(s) / Iniciar uma conversa

A1 Iniciante
Em seu país, em sua cultura, quais são os principais assuntos para iniciar uma conversa? Os assuntos são os mesmos quando se conhece pouco ou bem o interlocutor? Abordam-se detalhes logo nas primeiras conversas? Há assuntos tabus? O olhar é importante? Não se inicia uma conversa da mesma maneira com pessoas que conhecemos e com as que encontramos pela primeira ou segunda vez. O "tu" ("te","ton","ta","tes") é utilizado entre pessoas com menos de 30 anos, mas o "vous" ("votre", "vos") é obrigatório em situações formais. Ademais, com pessoas mais velhas, o "vous" é usual, enquanto com as mais jovens ou da mesma idade, é possível dizer "tu". Olhar nos olhos do interlocutor, os gestos, a distância maior ou menor entre as pessoas também representam informações (simpatia, timidez, medo, conivência). A maneira como se inicia a conversa ou se fala de um novo assunto depende inteiramente da relação entre as pessoas e da situação. Não existem fórmulas prontas. Para o primeiro encontro, pode-se perguntar em que bairro a pessoa mora, se ela trabalha e em que área. Pode-se falar sobre a atmosfera do bairro, do local de trabalho, de hábitos nas lojas, nos cafés ou restaurantes. Em um local público, é possível fazer perguntas sobre o que está acontecendo, falar sobre hábitos da frequentação do local, expressar um sentimento geral. Não se faz perguntas muito precisas quando o interlocutor responde de forma breve. Não se pergunta sobre salários, não se fala de religião, política ou sexo. Em seguida ou em um novo encontro, pode-se perguntar como vai a pessoa, falar da meteorologia e pedir uma informação ou um conselho.
Mais informações: